Vlog Diário de férias Israel - Parque shilulit Ha Choref

Shalom pessoal, tudo bem?

Férias escolares, o que fazer, parques e passeios
Parques em Israel - Férias escolares de verão

Nesse post vocês irão conhecer um parque para passear com toda a família!
Quando aprendi sobre ele, foi usado o nome Parque Leumi de Netanya, mas no parque, os nomes dados são:



-  שלולית החורף: Shlulit Ha Choref (ch=rr)
- (פארק אגם החורף (השלולית - Park Agam ha Choref (ch=rr)

Talvez seja porque, no inverno, o lago fica cheio e a vegetação verde e linda. 
Na primavera há flores e muitos visitantes de todas as partes do país, os amantes da natureza, pintores, fotógrafos, alunos estudantes de biologia animados e curiosos, vão visitar o parque... é muito agradável para piqueniques em família, caminhadas, ou até andar de bicicleta com os filhos. No verão, a vegetação fica seca, cheia de espinhos e carrapichos, muito calor nas caminhadas, com muita umidade, trazendo o cansaço bem mais rápido. 
O bom de tudo isso é que, você atravessa a rua e já está no caminho da praia :)

Duas curiosidades do parque:

- A cada inverno podemo ver a vida biológica: crustáceos, isópodes e insetos aquáticos ... nada menos que 20 espécies de criaturas de todos os tipos que podem prosperar em poças de água. - Mais de 100 árvores de eucalipto foram plantadas ao redor da lagoa, no final do século 19, agora dá a aparência especial e são usados ​​idealmente de assento por garças na nidificação, e para o Psittacula (papagaio colorido).


Para encerrar esse post, eu quero dizer que, a moto da Sheli ficou por horas em cima de nosso tapete de piquenique e ninguém nem mexeu, nem nada... encontramos apenas sujeira dos pardais. rs

Diário de férias em Israel

Shalom pessoal, tudo bem?

Férias em Israel
Diário de férias em Israel

O que fazer em dois meses de férias escolares em Israel, quando nós não temos nossos pais aqui para ajudar, e ficar com nossos filhos?




Essa é uma grande preocupação dos olim chadashim brasileiros que chegam em Israel, ou que estão fazendo o processo da alyah.

Criei o diário de férias da minha filha Sheli, justamente para poder mostrar e explicar o que pode ser feito nessa época do ano.

O primeiro vídeo é uma introdução apenas, porque tentei colocar tudo nele e ficou longo demais, então dividi em 2 vídeos.


As férias de verão em Israel são julho e agosto.
As escolinhas particulares tem menos tempo de férias, pois saem somente em agosto, já as escolinhas da prefeitura começam já em 1 de julho, somando assim, 2 meses de férias escolares.
Há escolinhas de kibutz que só tem 1 semana de férias, somente para a reforma das salas e já voltam às aulas logo em seguida, porém, essas escolinhas tem sua mensalidade bem mais alta que as escolinhas da prefeitura.

Há programas das prefeituras para ocuparem as crianças, enquanto seus pais devem trabalhar nesse período:
- Crianças da pré escola e primário: há colônias de férias (kaitaná) mais em conta que as colônias de férias particulares. 
 - Crianças do ginásio: eles podem trabalhar de ajudantes nas colônias de férias (kaitaná) dos pequeninos e depois eles vão para a  machanê (acampamento) com a turma da idade, onde eles curtem muito e aprendem bastante coisa... cada machanê tem um "propósito", um curso, super bacana.
Tudo isso, a kaitaná ou a machanê são pagos, mas se você não tem 4-5 filhos, dá pra pagar...hehehe

Fiquem de olho nas dicas, deixem suas dúvidas nos comentários.
Inscrevam-se e compartilham.

Bjks e até o próximo vídeo. 





Shakshuka israelense - melhor receita

Shalom!


shakshuka
Como preparar shakshuka israelense

A receita da shakshuka israelense, a mais saborosa que já comi!!!

Ingredientes:

- 1 tomate grande picado
- 1 pimentão vermelho picado
- 1-2 dentes de alho picados (depende do gosto de vocês)
- 1 cebola picada em pedaços pequenos
- salsinha picada a gosto
- pimenta picada ou molho de pimenta pronto (a gosto)
- sal a gosto
- 3 ovos
- azeite 

E agora, querem saber como preparar?



5 Provérbios populares em hebraico - Pitgamim

פתגמים - Provérbios em hebraico

aprender hebraico
Ditados populares - hebraico

Shalom pessoal, tudo bem? Hoje eu vou dizer 5 provérbios populares, ou em hebraico - Pitgamim


1- אין בוכים על חלב שנשפך


Ein bochim al chalav she nishpach
Bochim é beche (ch=rr), que significa choro... ex: eles choram - hem bochim...
Não tem "choros" sobre o leite que derramou
Seria o nosso:  Não adianta chorar o leite derramado.

2- בור ששתית ממנו - אל תזרוק בו אבן
Bor she shatit mimeno - al tizrok bo even
Buraco que você bebeu dele - não jogue pedra nele
Seria o nosso: Não cuspa no prato que você comeu


3- על טעם ועל ריח אין להתוכח
Al taam ve al reach ein lehitvakeach
Sobre gosto e cheiro não se discute
Seria o nosso: Gosto não se discute

4- אני מורידה בפניך את הכובע
Ani moridá be fanecha et ha kova
Eu tiro antes de você o meu chapéu
Seria o nosso: Eu tiro meu chapéu pra você

5- אי אפשר לאכול את העוגה ולהשאיר אותה שלמה
I efshar leechol et ha ugá ve lashir otá shlemá
É impossível comer o bolo, e deixá-lo inteiro
Seria o nosso: Ou assovia ou chupa cana.
Não encontrei uma frase exata nossa que substitua essa, mas gosto dela e uso muito no dia a dia.

Se você gostou do post e do vídeo, deixem seu jóia, compartilhem... inscreva se ainda não for inscrito.

Quanto mais o canal crescer, mais vídeos terão! :)

Vlog Israel - supermercado e parque com a Sheli


Vlog Israel - supermercado e parque

Shalom gente, tudo bem?


Fiz esse vlog com minha Sheli, por estarmos juntas em casa pela manhã. Se vocês gostam de vlogs, deixam um jóia e continuarei fazendo.
Teve ramsin - siroco: é um vento quente, muito seco, que sopra do deserto do Saara em direção ao litoral Norte da África.

Uma das coisas que eu amo em Israel, é a tranquilidade que posso ir nos parques com minha filha sem me preocupar. Há muitos parques onde moramos, daria até uma série de vlogs só sobre isso...hehehe

Finalmente consegui gravar no supermercado em Israel, já havia gravado muitas vezes, mas nunca editei e postei, mas hoje, aproveitei que era um vlog e fiz tudo junto.

Continuem mandando idéias, quem sabe poderei colocá-las em prática.
Abraços
Vivi


O que levar na mala Israel - Dicas de viagem

Shalom pessoal, tudo bem?


Depois de 10 anos recebendo e-mails com dúvidas sobre viajar para Israel, eu decidi fazer o vídeo para esclarecer muitas dúvidas:


Dicas de viagens - Israel
O que levar na mala Israel

Pelo vídeo ter ficado longo demais, eu dividi em 2 partes:



Preciso tomar vacina para ir para Israel?
Não é preciso tomar vacinas para virem para Israel

O que levar a mala, numa viagem para Israel?
Se você vier na época do calor, então traga roupas mais leves, de mangas curtas, calçados leves e confortáveis, chapéu, shorts, sandálias, protetor solar, protetor labial, roupa de banho, e tome bastante água. Não esqueça de trazer pelo menos uma troca de roupas para os lugares santos, religiosos, que não permitem nem roupas curtas, transparentes e decotes.
Se você vier no inverno, as roupas devem ser mais quentes, longas, jaqueta, moletom, cachecol, guarda-chuva, bota, gorro e se quiser visitar o Hermon em sua estação de neve, traga luvas também :) 
Esquecendo de trazer um desses itens, fiquem tranquilo, porque Israel é um país moderno e não será difícil encontrar para comprar, aqui temos de tudo.


Dúvida que muita gente tem:
Aqui em Israel há dezenas de estilos de vestimentas, e se você não estiver nos bairros religiosos, você pode andar “normal”, camiseta e bermuda com chinelos. As mulheres não andam de burca, você até vê algumas nas viagens , mas não é tão comum assim (dentro de Israel). As praias são cheias no verão e usa-se biquini e fio dental tão quanto no Brasil, não se preocupem quanto a isso.

Israel aceita dólares, ou preciso ter a moeda local?
A moeda local é o novo shekel, que no dia a dia chamamos de shkalim. Tirando poucos lugares turísticos que recebem também ou somente em dólar, o país inteiro recebe apenas shkalim. Você pode trocar no próprio Ben Gurion, aeroporto, mas as taxas desses lugares são sempre maiores. Eu indicaria trocar em agências de correios, pois os bancos cobram comissão e as casas de trocas tem seus valores variados.

Falando espanhol e italiano conseguirei me virar em Israel?
Idiomas falados em Israel: Hebraico, árabe e inglês, são idiomas que os israelenses aprendem nas escolas. As pessoas mais idosas e simples, não saberão inglês, mas muitas pessoas conseguirão se comunicar nos lugares turísticos ou grandes cidades, como Tel Aviv, em inglês. Dependendo de onde você estiver, também ouvirá bastante o francês, russo, etc...

É perigoso dirigir em Israel?
Dirigir em Israel é “calmo”, as estradas são excelentes. Não é um campo de batalha, como muitas pessoas pensam. Não há pedágios, a única estrada que é paga, é a 6 (kvish shesh), mas não é obrigatório usá-la. Fiquem atentos aos horários de pico, da manhã e da tarde, para não pegarem trânsito, no mais, tudo ótimo!
Dirigir dentro de cidades, você deve ficar preparado para ouvir muitas buzinas, pois como dizia meu instrutor daqui: “se você não ouvir nenhuma buzina no trânsito, há algo de errado”.
Prestem atenção onde estacionar… quando a sarjeta está pintada de azul e branco (tipo a zona azul no Brasil), deve-se pagar o estacionamento nas máquinas, não há jovens vendendo bilhetes, como muitas cidades brasileiras. Se for vermelho e branco, nem tentem estacionar, pois serão multados e guinchados.
A minha dica é, se você ficará alguns dias em TLV e Jerusalém, programe-se para não estar de carro dentro dessas cidades, pois além de não ter onde estacionar, e quando tem, ser pago, você pode se locomover com ônibus ou trem e fica bem mais fácil. Em Jerusalém, principalmente, onde há lugares mais de conflitos.

Qual a melhor época para visitar Israel?
Essa pergunta é muito relativa… depende de cada pessoa, o que ela prefere e procura.
De abril a outubro é muito quente, e nos meses de julho e agosto, são as férias de verão dos estudantes em Israel, então o país fica mais caro, as atrações mais lotadas, etc… Se você optar por viajar nessa época, não esqueça o chapéu, óculos de sol, roupas leves e frescas, calçados confortáveis, e tome bastante água. Tenha sempre em mão sua garrafa de água, porque comprar sai caro.
Dica israelense: coloque sua garrafa faltando 2 dedos para encher, no freezer de seu quarto de hotel ou apto, e na manhã leve-a congelada no passeio. Você terá água gelada por mais tempo, sem gastar no caminho.
Outra dica, principalmente para quem tem crianças, cortem a maçã em rodelas ou fatias, com ou sem casca, coloque numa vasilha água + um pouquinho de sal, deixe os pedaços de maçã na água por uns minutinhos 3-5 minutos… seque-os bem num guardanapo ou papel toalha, e leve para seu passeio, dura até 3 dias, guardando sempre na geladeira, no fim do dia.


De novembro a março, é frio, e dezembro e janeiro é época das tempestades com ventos, granizo e em alguns lugares, neve. Se vier nessa época, traga jaqueta, cachecol, bota, e roupas de manga longa, pois mesmo que não chove, é sempre fresquinho e no norte e Jerusalém é bem frio, traga até gorro :)
Nessa época, para quem não se importa com o frio, os lugares estão menos lotados, porém, se você pegar a época das chuvas, não terá aproveitado o que você poderia aproveitar na primavera, por exemplo.
Somente Eilat e Mar Morto, você terá prazer de entrar na água, pois em qualquer parte do ano, são quentes. O Mar Morto no inverno, na época das chuvas fica difícil o acesso, porque tem o efeito dos בולענים bolanim, que são aqueles buracos ou crateras.


No meu ponto de vista, nem o inverno e nem o verão em seu auge, para não derreter seus miolos e nem estragar seus passeios com as chuvas… a melhor época para visitar Israel é a primavera (abril e maio). O clima é delicioso, nem muito frio e nem muito quente. O país fica todo florido, viajando pelas estradas, as paisagens ainda são verdes e já floridas.
Há vários passeios na natureza para ver as flores naturais que saem nessa época.

Aparelhos eletrônicos:   a energia aqui é 220, então tragam seus aparelhos com um transformador de energia, ou traga apenas seus aparelhos bivolt.

Gostou? Então curta!
Bjim

Dia da independência em Israel - Yom Haatzmaut

Shalom pessoal, tudo bem?

Independência de Israel - 68 anos 

Hoje quero falar sobre o dia da Independência em Israel.


Como é comemorado, quais os costumes, etc...

Israel começa suas "comemorações" de sua independência logo após o Yom haShoá (dia do Holocausto).

Costumes:
- Os moradores enfeitam suas casas com bandeiras de Israel
- As lojas começas as vendas de brinquedos, bandeiras e artigos festivos para o aniversário de Israel
- Os programas na TV são selecionados com histórias que lembram os anos anteriores (a partir de 1948)
- As crianças nas escolas, começam a aprender sobre a data, músicas, e preparam-se para o dia da festa, onde apresentam sempre alguma coisa legal
- No dia da Independência de Israel, há várias atrações, do tipo esquadrão da fumaça, shows em lugares específicos, etc
- É o dia do churrasco com a família ou com amigos, nos parques: então é preciso "madrugar" para pegar os melhores lugares, na sombra, e conseguir não passar horas no trânsito. É um dia onde os religiosos e os não religiosos podem sair de carro, e por isso, o país vira um trânsito total... lembrando que em feriados bíblicos, os religiosos não dirigem, então as estradas ficam apenas para o rstante da população :)

A cultura aqui em Israel é rica não só de histórias, mas músicas muito bem elaboradas, onde cada palavra foi pensada e colocada em seu lugar, sempre trazendo aprendizado e história, além de muitas vezes rimar e alegrar os corações.

Algumas músicas sobre o Dia da independência em Israel:

Músicas em hebraico - Yom Haatzmaut

Músicas infantis em hebraico

Vídeo em hebraico

Yom Haatzmaut Sameach!