Relato de parto normal em Israel


Shalom pessoal tudo bem?
Finalmente eu vim postar pra vocês o meu relato de parto normal em Israel.

Bolsa da maternidade em Israel

Shalom pessoal tudo bem?


Hoje o post é para mostrar a vocês a lista dos hospitais de Israel (maternidades) para o dia do parto.

Deixe sua bolsa da maternidade pronta, no máximo até a semana 36.

Então vamos para a lista da mãe:

1. Documentos
- Identidade da gestante e do cônjuge
- Cartão do prenatal (documento que sua obstetra dá com todos os resultados de exames feitos durante a gestação, todas as informações importantes).

2. Plano do parto
- Cartão magnético do seu plano de saúde
- Dados bancários, para o hospital-maternidade preencher os formulários e dar entrada em seu pagamento na licença maternidade (Bituach Leumi)

3. Registro do parto para recordação
- Câmera de vídeo ou fotográfica
- Baterias extras ou carregador
- Papel e caneta

4. Atmosfera - clima
- Músicas
- DVDs
- Livro, jornal, revista

5. Manutenção
- Comida e bebida pra você e seu acompanhante; sanduíches, chocolates, frutas frescas ou secas, nozes ou castanhas, barra de cereal... Obs.: No hospital tem restaurantes e lanchonetes caso não queira levar de casa
- Moedas para as máquinas: doces, salgadinhos, sucos, refrigerantes, chocolates, etc
- Garrafa de água particular
- Duas garrafas grandes de água mineral (extra)

6. Comunicação
- Telefone celular
- Carregador

7. Higiene
- Artigos de higiene pessoal; sabão líquido, shampoo, condicionador, escova de cabelo, escova de dente e creme dental para você e seu acompanhante, roupão ou toalha grande, chinelo aborrachado, roupa íntima (calcinha descartável), plástico protetor para forrar o vaso sanitário antes de sentar, absorventes pós parto (o hospital disponibiliza absorventes ótimos com magnésio congelados que amenizam a dor e diminui o fluxo de sangue, lenço umidecido, prendedor de cabelo, protetor labial, e para quem usa lentes de contato ou óculos, levem também para a sala de parto.

8. Parto - Nascimento
- 1 vidro lacrado de óleo de amêndoas
- Tudo o que possa acalmar a gestante; rescue pastilhas ou gotas, travesseiro térmico, meias

9. Pós parto - Mãe
- Creme corporal
- Creme facial
- Pijama ou camisola com botões para facilitar a amamentação
- Regata ou camiseta para usar por baixo do roupão hospitalar, discretas para receber as visitas
- Roupa para a saída da maternidade
- Roupas para o acompanhante
- Chinelos confortáveis para andar na maternidade

10. Amamentação
- Sutiã para amamentação
- Absorventes descartáveis de amamentação
- Pomada para os mamilos
Eu inclui: bicos de silicones

11. Para o bebê
- Roupa para a saída da maternidade de acordo com a estação do ano
- Gorro e luvas
- Manta
- Bebê conforto, sem isso não deixam o bebê sair do hospital
- Chupetas
- Fraldas descartáveis (o hospital também fornece)
- Lenços descartáveis

Uma boa hora a todas as gestantes. Fiquem com D'us.

Bjks
Vivi







Por que não se faz enxoval do bebê em Israel

Shalom meninas, tudo bem?


Hoje eu vim tirar uma grande curiosidade de muita gente... O enxoval de bebê!

Em primeiro lugar, quero dizer que não é uma proibição haláchica, mas sim, uma superstição. As mulheres acreditam que trazer pra casa coisas de um bebê que ainda não nasceu, pode gerar o olho gordo, a inveja ou que o parto acabe num desastre.

Vou deixar aqui um link, onde uma mulher perguntou ao rabino, se ela poderia comprar um carrinho de bebê estando de 7 meses, e o rabino explica que sim:


Agora que vocês já sabem, então assistam meu vídeo explicando o que as mulheres que perguntei para fazer esse vídeo, disseram a respeito:




É proibido fazer chá de bebê no judaísmo?
Confira!

Gravidez em Israel - Diário de gravidez - Primeiro Trimestre

Shalom pessoal, tudo bem?

Com muita felicidade eu venho contar a vocês, sobre minha gestação aqui em Israel.

Saiba como funciona o pré natal, consultas, exames, etc...

Assistam ao vídeo que fiz com carinho para vocês conhecerem mais sobre Israel, na área de saúde da mulher e gestação:



Primeiro trimeste  diário de gestação

1- Pasta de gestação
A cada consulta e exame, vai-se juntando papéis, documentos que seráo importantes no dia do parto e em outras consultas e exames. Por isso, eu vou arquivando em uma pasta, para que não se perca nenhum papel.

2- Incômodos do primeiro trimestre: 
a) Endometriose (dores horríveis que levou tempo até eu entender que era isso, e algo mais grave, foram exatos 3 meses de dores),
b) Enjôos; enjoei por 3 meses, diariamente, com cheiros e imagens, mas não tive nenhuma vez vômito
c) Cansaços; muito cansaço por causa dos hormônios do primeiro trimestre, mas também por causa da anemia 
d) Emoções descontroladas; aquele misto de vontade de rir com vontade de chorar..hehehe 
e) Dores e cisto no ovário; foram bem cru[eis essas dores, mas passou
f) Vontade de comer coisas doces, o que não me aconteceu na gestação da Sheli

3- Exames e plano de saúde - Falei resumidamente sobre os exames e meu plano de saúde

4- Anemia e as vitaminas e complementos na gestação
Eu tomo;
a) Vitamina Prenatal 9 meses
b) Cápsulas de cranberry, para evitar infecções urinárias
c) Suplemento de ferro (tomando com suco de laranja)
d) Ômega 3

Temperos em hebraico

Shalom pessoal, tudo bem?
Ajudando algumas mães que estão vindo de alyah para Israel e muitas que já estão aqui, a entender e aprender alguns temperos em hebraico.


Espero que curtam o post, acompanhem o canal e compartilhem essas informações em suas redes sociais, para ajudar outras pessoas com o mesmo interesse.
Se eu esqueci algum tempero, coloquem nos comentários.

Sal - מלח (melach) o ch tem som de -rr
Açúcar- סוכר (sucar)
Canela - קינמון (kinamon)
Mel - דבש (Dvash) o D é mudo...rs
Pimenta - פילפל (pilpel) - Não se diz piupeu, se diz pil-pel
Pimenta do reino - פילפל שחור (pilpel shachor)
Cebolinha - בצל ירוק (batsal iarok)
Cebola - בצל (batsal)
Coentro - כוסברה (cúsbara) 
Colorau - פפריקה (páprica)
Páprica doce - פפריקה מתוקה (páprika metuká)
Páprica defumada - פפריקה מעושנת (Páprika meushenet)
Páprica picante - פפריקה חריפה (páprica charifá ) ch = rr
Tempero - תבלין (tavlin)
Folha de louro - עלי דפנה (alei Dafná)
Alecrim - רוזמרין (Rosmarin)
Manjericão - בזיליקום  (basilikum)
Cominho - כמון (Camun)
Cravo - ציפורן (Tsiporen)
Alho - שום (shum)
Pimenta branca - פילפל לבן  (pilpel lavan) - Não se diz lavã, o N é pronunciado e mudo
Gengibre - ג'ינג'ר (ginger)
Orégano - אורגנו (organo)
Limão - לימון (limon)
Vinagre - חומץ (chomets) ch = rr

Aguardo seu like!
Lehit...

Comprando materiais escolares - Israel

Shalom pessoal, tudo bem?


Como muitos já devem saber, Israel começa seu ano letivo dia 01/09, e minha filha de 5 anos irá para primeira série que aqui é chamada de Kitá Alef.

Nós tivemos a oportunidade de conhecer as 3 escolas que temos aqui na comunidade onde moramos, e decidimos pela escola  Rishonim.
Tivemos critérios para escolhermos essa escola:
- ser a mais próxima de nossa casa, sendo alguns minutos de caminhada à pé, já que esse fator é o principal para a prefeitura aceitar a sua escolha
- por ser uma escola ainda em crescimento, pequena, com menos alunos que as outras 
- por ser semi democrática, que não exigirá muito esforço das crianças e nem a concorrência entre os pais, de quem tem o filho mais inteligente que o outro. Os pais que optam por esse modelo, são pais que se importam e se dedicam literalmente na educação dos filhos, deixando espaço para fazerem sua parte também.

Recebemos a lista de materiais escolares, antes mesmo de sabermos quem era a educadora da Sheli, nossa filha amada.
Por eu morar aqui apenas há 13 anos e nunca ter estudado em escolas, não consegui distinguir os itens pedidos e me senti um pouco perdida, sensação de analfabeta...hehehehe
Cheguei na loja e pedi para um jovem adolescente, trabahando de free nas férias, para que fizesse minha compra, e só me chamasse quando eu tivesse que escolher um modelo de lápis, canetinha, fichário, etc... Foi a melhor coisa que eu fiz!
A compra foi feita muito rápida! A Sheli se comportou como uma pequena lady, sem pedir nada e nem enlouquecer com tantas opções e novidades.

Resolvi fazer um vídeo, contando dessa nova experiência aqui em Israel:

Tudo o que você precisa saber sobre jardins de infância em Israel

Shalom pessoal, tudo bem?

escolas e crreches em Israel

Este post é dedicado especialmente ao grupo do whatsapp "Futuras mães em Israel", e à todas mães e futuras mães que estão de mudança para Israel.
Para as crianças de 3 meses a 3 anos, só existem creches particulares, ou dividir uma babá com mais 1 mãe.
A partir dos 3 anos, a criança vai para o jardim de infância da prefeitura, que é gratuito, mas há uma taxa que os pais devem pagar. O ano letivo termina em Junho e o ano novo começa em Setembro.



CRECHES PARTICULARES EM ISRAEL

As creches particulares são chamadas de משפחתון - mishpachton (que vem da palavra familiar), ou פעוטון - Peuton.


1- Idades
Verifique a idade da turma em que você irá colocar seu filho (a), se não há muita diferença de idade. Procure um lugar com crianças da mesma idade.



2- Horário de funcionamento
As creches costumam receber as crianças a partir das 7:15 e vão até as 17:00, de domingo à quinta-feira, e na sexta-feira, das 07:15 às 12:00.


3- Custo

Em 2018, podendo variar entre 2000 a 3500, sendo que em Tel Aviv, por exemplo, poderá encontrar mais caro. Tudo dependerá do lugar onde você mora. Em vilarejos ortodoxos, as creches são mais em conta.

4- O que é importante saber e verificar
É muito importante verificar se o local é adequado para as necessidades de bebês e de crianças pequenas. Certifique-se de que esteja limpo e protegido, para verifique a alimentação (se o alimento está pronto ou trazido pelos pais), e as condições de sono. (se a criança irá dormir em berços, com lençóis limpos e só deles, para evitar aquele troca-troca de infecções de ouvido, por exemplo. Verifiquem se o quintal com o playground é limpo e seguro para os bebês. Também é importante verificar que, mesmo que a família esteja em um apartamento ou em uma casa sem jardim, o cuidador leva as crianças para passear e tomar sol (quando o tempo permitir, é claro).
Também é importante verificar se há uma saída de emergência, um quarto de segurança (bunker), e um extintor de incêndio, e você também deve verificar com outros pais sobre o tratamento das crianças e da família (dona da creche e funcionárias).
Eu verificaria também, se alguém na creche tem o certificado de primeiros socorros para bebês. Eu mesma fiz o curso com o corpo de bombeiros e achei extremamente válido e muito importante.

5- Conteúdos
Educativos e pedagógicos: temáticos, feriados e festas judaicas, temas anuais. Nos jardins de infância privados, há também atividades para crianças, como aulinha de música, movimento, e muito mais.

6- Supervisão e fiscalização
Nenhuma! Até o momento, nenhuma lei foi aprovada para a fiscalização desse tipo de estabelecimento infelizmente. Melhor optar por creches com sistema de câmeras e app que você possa acompanhar em tempo real.
Já aconteceram diversos casos de crianças morrerem nas creches, ou dormindo, engasgadas e até por maus tratos de uma das cuidadoras, como aconteceu esses dias.

PRÉ ESCOLA - JARDIM DE INFÂNCIA DO GOVERNO

Atenção!
As crianças de 4 e 5 anos são obrigadas  a frequentar o jardim de infância, a pré a escola.
Já não sei mais como chama aí no Brasil...hehehe
As pré escolas, ou jardins de infância, são da prefeitura, porém, os pais pagam uma taxa única anual.

Como escolher a escolinha?
Quem escolhe é a prefeitura, pois a intenção é que as crianças estudam o mais perto possível de sua casa, se possível no mesmo bairro. A menos que você queira uma escolinha religiosa ou para crianças especiais, daí você poderá escolher.
No caso de você ter se mudado no meio do ano, então, eles darão todas as opções que ainda contém vaga, e você decide.

Logo no início do ano letivo, poucos dias antes, é marcado uma reunião com todos os pais, onde a educadora se apresentará, junto com sua equipe, as cuidadoras.
Nesse encontro, ela explicará tudo o que tem preparado para o ano, e estará atenta para conhecer os pais e um pouco de seus filhos, anotando os detalhes importantes de cada um, como por exemplo, o que a criança mais gosta, e como acalmá-la numa crise de choro.
Nesse encontro é falado sobre as dificuldades de nossos filhos, se há algum problema grave de saúde, alergias, etc…
É criado um comitê (VAAD) pelos pais, onde terá um tesoureiro, responsável para receber a taxa anual de todos os pais e abrir uma conta bancária para depositar os cheques… disponibilizar o valor semanal para a compra do café da manhã semanal das crianças, e tudo o que precisar no decorrer do ano. Geralmente são 3 mães que se dedicam a esse comitê, tornando a comunicação da educadora com os pais, mais fácil e rápida.
Esse comitê criará um grupo no whatsapp e lá postarão os recados da educadora.

1- Idades
A idade é de 3 anos, podendo ser um pouco menos, 2.7 dependendo da data de nascimento da criança.

2- Custo

Nesse ano de 2018, aqui onde eu moro, que é no centro de Israel, pagamos 800 shekel (=800 reais). Nos anos anteriores foi o mesmo valor...rs


3- Horário de funcionamento
O horário geralmente é das 7:30 às 14:00, a partir das 14:00, se os pais precisam de mais tempo para poderem trabalhar, existe a opção de colocar a criança no tsaharon.
Essas escolinhas são sempre construídas 2 no mesmo terreno, sendo uma para as crianças de 3-4 anos, e a outra, para as crianças de 4-5 e 5-6 anos. Então, mesmo que não haja crianças o suficiente para o tsaharon, eles unem ambas as classes, e escolhem uma delas para ser o local do tsaharon, que geralmente é a dos pequeninos.

4- Número de cuidadores em relação aos alunos
Duas cuidadoras para 30 a 35 crianças, sendo uma delas, a educadora. Se houver alguma criança com uma alergia grave, ou algum outro problema de saúde, a prefeitura paga mais uma cuidadora.
Já vi escolinhas, onde os pais decidiram pagar juntos mais uma educadora.

5- Estrutura
Edifícios designados para este fim pela autoridade local. O processo de planejamento e construção requer a aprovação do Ministério da Educação, que financia a construção e concede a licença de operação para o jardim de infância.

6- Fiscalização
A supervisão é feita pelas autoridades locais, Prefeitura, organizações de pais e várias organizações sem fins lucrativos, supervisionadas pelo Ministério da Indústria, Comércio e Trabalho.

7- Conteúdo
O calendário hebraico, feriados e tradições, habilidades de linguagem, música, habilidades para a vida (educação para a segurança pessoal e segurança rodoviária), educação em saúde e educação física, matemática e ciências.

TSAHARON

É um programa para as crianças ficarem no período da tarde. O local do tsaharon, geralmente é no mesmo lugar onde eles ficam de manhã, podendo ser mudado, se não for preenchido pela quantidade mínima de crianças exigida pela prefeitura.

1- Idade
De 3 a 6 anos.

2- Horário de funcionamento
Das 14:00-17:00.
Durante as férias, é chamado de colônia de férias:), e funciona das 07:30h às 17:00h. Também nesse caso, há opções particulares, horários variados, preços diversos.

3- Preços
À tarde (o tsaharon), do município, os preços variam de 800 a 1000 shekels, dependendo da cidade.
Esse valor mensal, é para pagar o almoço das crianças, que é entregue já pronto, diariamente, por buffets especializados e escolhidos pela prefeitura, e as aulas extracurriculares, como esporte, dança, idioma, etc… os pais podem escolher quais aulas são relevantes para essa turma.
Obs.: os filhos de algumas amigas, se recusaram a comer a comida do tsaharon, então, as mães preparam a marmita da criança, e pagam um valor bem menor. Não tenho esse valor. As cuidadoras podem esquentar a comida no microondas.

4- Número de cuidadores em relação aos filhos
Dois cuidadores para 30 a 35 crianças.

5- Estrutura
Nos jardins municipais, no próprio jardim. Existem também particulares e, fica à sua disposição, escolher onde seu filho ficará das 14:00 as 17:00, sendo que a segunda opção, você terá que pagar alguém para buscar a criança e deixá-la no tsaharon particular.

6- Conteúdos
Aulas de enriquecimento em vários campos, como arte, natureza, tempo da história, percussão do corpo e muito mais.

7- Supervisão
No tsaharon dos jardins de infância municipais, é o Departamento de Educação a Autoridade. No tsaharon particular, não há supervisão.

O que é importante saber e verificar?
Programação, conteúdo, experiência da equipe, quais classes estão juntas no mesmo tsaharon, alimentação, se tsaharon é no mesmo jardim de infância e se não, quem os acompanhará até o local do tsaharon.
No caso de tsaharon particular,  verifique se há transporte, e quem faz o transporte e acompanha as crianças, se tem permissão para tal e se o veículo está de acordo com as leis de segurança.